quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Crianças Formais

As vezes o italiano soa como um português formal. Pelo menos formal demais para nós braileiros, informais ao extremo. Um tempo atrás eu estava na parada do ônibus e um guri de uns 5 ou 6 anos, após alguma explicação que não ouvi, perguntou ao outro antes de entrarem no ônibus escolar:

- No, non ho capito. Puoi spiegarmi in altro modo?

Aquilo soou para mim como "Não entendi. Podes explicar-me de outro modo, nobre colega Luigi." No Brasil, na mesma situação o piá provavelmente diria:

- Não entendi nada! Explica isso direito cara!

Hoje, eu comendo uma fatia de pizza na Pizza Rio quando entra na mesma pizzaria um guri de uns 4 anos, vai até sua mãe que estava no balcão e puxa a barra da sua calça até chamar sua atenção. Quando finalmente consegue pergunta-a:

- A che punto sei, mamma?

Pra meus ouvidos ele disse algo tipo: "Em que ponto do processo de negociação e aquisição da nossa pizza encontras-te, mamãe?

Versão Brasileira:

- Tô com fome. Vamo prá casa!

Engraçados esses guris. Pelo menos eu achei.

4 comentários:

Hugo disse...

Engraçada a palavra "guri". :)

Deixa-me corrigir-te: "As vezes o italiano soa como um português formal". Podias perfeitamente ter dito: "como um português de Portugal", eheheh

Hugo

Leonardo disse...

Guri e guria são palavras originalmente gaúchas (do estado do Rio Grande do Sul) para dizer menino e menina, respectivamente.

Certo, o português de Portugal é formal, ou o do Brasil que é informal ;-).

Abraço.

Fonseca disse...

HAHAHAHAHA!! Muito bom.

Fonseca disse...

Opa, esqueci de dizer o que achei muito bom: "Em que ponto do processo de negociação e aquisição da nossa pizza encontras-te, mamãe?