sábado, 1 de dezembro de 2007

Aquiles e a Tartaruga

Trata-se de um paradoxo. Paradoxos são divertidos.

Aquiles, o corredor mais veloz da Grécia, aposta uma corrida contra uma Tartaruga. A corrida é tão "barbada" que Aquiles dá uma vantagem de cem metros à tartaruga. Aquiles parte, e no tempo que aquiles leva para percorrer os 100 metros para chegar no local onde a tartaruga iniciou a corrida, a tartaruga já andou mais um pouco, digamos 10 metros. No tempo que Aquiles percorre estes 10 metros para alcançar a tartaruga, a tartaruga terá andado mais um metro. No tempo que Aquiles percorre esse um metro, a tartaruga avança 10cm e permanece na frente de aquiles. Seguindo esse raciocínio infinitamente, a tartaruga estará sempre na frente de Aquiles e vencerá a corrida.

Vai ver foi por isso que inventaram os limites. Os limites da matemática, não os de velocidade.

Outro paradoxo? Ok. A frase a seguir é verdadeira ou falsa?

"Esta afirmação é falsa."

Chega.

3 comentários:

Rodrigo Schmidt disse...

A primeira é uma dos paradoxos do filósofo Zeno, se não me engano em resposta a outros paradoxos criados por filósofos rivais.

There is only one thing a philosopher can be relied upon to do, and that is to contradict other philosophers.
- William James

Leonardo disse...

Certo Rodrigo, não tinha colocado a fonte. Valeu.

gabrielc disse...

essa hsistória, é realmente muito bacana, mostra que a vantagem faz toda a diferença.