terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Berlim

Passei o ano novo na capital da Alemanha. Uma grata surpresa. Toda a grande cidade tem uma região ou bairro mais underground, alternativo. Mas no caso de Berlim, o alternativo parece ser a regra. Uma cidade muito viva. Muito cultural. Muita arte de rua. Música punk, bares góticos e alternativos. Além disso, em Berlim tem muita história. Nazismo, segunda guerra, comunismo, o muro, o socialismo... Cada um desses itens daria um ou mais livros de história. Muito interessante estar em um lugar onde aconteceu tanta coisa. Nos próximos dois posts vou falar um pouco sobre Berlim. Primeiro sobre a parte histórica, e depois sobre algumas atrações da cidade em si. Aguarde e confie. Ah, a foto é do portão de Bradenburgo. Cartão postal da cidade.

11 comentários:

Martin disse...

Muinto interesante! Espero por tua impressão de Berlim, com muinta curiosidade!

Leonardo disse...

Martin é um colega e amigo da Eslováquia que trabalha aqui comigo.

Impressionante o teu português Martin, parabéns! Se retirares o "n" de "muito" e "muita" fica perfeito!

Grande abraço!

Andréia Alves Pires disse...

Que coisa linda! São cavalos lá em cima?! Adorei. Não conhecia... bjo, bjo.

Leonardo disse...

São sim Déia, é uma quadriga (uma biga puxada por quatro cavalos). Eu ia contar isso depois, mas já que tu mencionou, essa quadriga tem uma história interessante. Logo que colocaram ela ali, a mulher que conduz a quadriga representava uma deusa grega da paz. Aí o Napoleão invadiu a Alemanha, achou a quadriga legal e a levou pra Paris. Mais tarde, na primeira guerra mundial, os alemães foram lá e recuperaram a escultura. Neste momento foi colocada a cruz e a águia no topo do bastão da moça e ela passou a representar a deusa romana Victoria, para representar o triunfo sobre os franceses. Emblemático!

Juliana disse...

Olá!
Meu nome é Juliana, sou brasileira e atualmente resido na Itália.
Estou realizando uma pesquisa sobre "blogs de brasileiros descendentes de italianos que moram na Itália". Sou mestranda em Letras, Cultura e Regionalidade pela Universidade de Caxias do Sul-RS.
Vc é descendente de italianos? Conhece outros brasileiros descendentes que têm blogs?
Gostaria de pedir autorização para utilizar o conteúdo do seu blog para os meus estudos e, logo mais, gostaria também que respondesse a um questinário.
Por favor, me contate através do email netnografia@hotmail.com, ok?
Obrigada pela colaboração!

Juliana disse...

Desculpa Leonardo!
Lembrei que ja havia conversado sobre a pesquisa com vc ha um tempo.
Valeu!

artebaiao disse...

Tenho uma enorme curiosidade sobre Berlim!!!
Adorei a idéia de saber mais...
Sempre acaba faltando tempo de ir a Berlim...
Tânia Baiao

Roberta Ristori disse...

Leonardo,
Acabo de conhecer seu blog e achei super interessante esse seu texto sobre Berlin! Deve ter sido uma viagem e tanto!
Abraço,
Roberta

anacec disse...

Olá, Leonardo!
Primeira vez que visito o seu blog e adorei!!!
Estou meio "fanática" por blog de brasileiros que moram na Europa pois sempre tem uma boa dica de viagem, fora que só de ler já é uma viagem...
Estou indo pra Paris no final de novembro fazer um curso, e estava querendo conhecer Berlin depois, mas estou um pouco preocupada com frio. Como vi que vc foi na virada do ano queria saber se o frio é insuportável pra uma garota do Rio de Janeiro (rsrrssrrs).
Abç

Leonardo disse...

Oi Ana,

A julgar pelo teu username acho que esse é teu nome. Realmente faz bastante frio. No noite da virada do ano, nós passamos na rua, em frente ao monumento da foto, onde tem show. Eu não tinha luvas, e fui obrigado a comprar, senão ia ter que ficar de mão no bolso e não conseguiria tomar cerveja. Mas é suportável. Eu diria que pela cidade vale a pena encarar o frio. Leva roupas, luvas, meias, tocas e casacos extra e te diverte.

Beijo.

anacec disse...

Leonardo, desculpe, accabei esquecendo de me identificar...
De repente vou me aventurar em Berlim pois desta vez quero conhecer países qque ainda não visitei, fora Paris, que é sempe parada obrigatória na europa!!!

Bj,
Ana Cecilia