quarta-feira, 13 de maio de 2009

Golaço

7 comentários:

Andréia Alves Pires disse...

pois é!

Juliana disse...

E'... voces levaram a melhor! Mas é porque era um time reserva o do Corinthians :D

Beijos

P.S.: Que saudade da narraçao radialistica do Brasil!

Leonardo disse...

Ih, olha a desculpa ... ;)

Verdade, as narrações do Brasil são muito mais emocionantes que as daqui. Aqui os caras nem gritam gol...

Dentro da Bota disse...

Realmente um belo gol....
Bom, nao sou muito do futebol...rsss essa coisa da narraçao aqui é estranha... estava escutando o jogo da Chapecoense (rss é um time de Santa Catarina...) e meu marido levou um susto quando gritaram golll... hehehhe!!!!

Leonardo disse...

Mas claro que eu conheço a Chapecoense!

Hehehe, se assustar com o gol. Essa é boa. A paixão do brasileiro pelo futebol é insuperável. Não é a toa que o futebol brasileiro é o melhor do mundo.

Juliana disse...

E' mesmo, aqui de vez em quando vejo uns gritando, mas a narraçao é sem emoçao. A primeira vez que vi a narraçao de um jogo da Italia, em italiano, fiquei desiludida porque o narrador nao ficou entusiasmado com o gol... bom, talvez em final de Copa do Mundo nao seja assim.

Agora no estadio é outra coisa. Tem grito de torcida, tem gente resmungando e falando palavrao e quando sai um gol a "galera vai ao delirio".

A narraçao deste jogo me fez lembrar as tardes de domingo na casa da minha avo em Sao Paulo. Quando a partida do Corinthians nao era trasmitida na TV, meu pai ia em um dos quartos da casa escutar o a trasmissao no radinho antigo. Tinha até uma musiquinha ("é gol, que felicidade").

Leonardo disse...

Hm, no estádio aqui eu ainda não fui. Preciso ir. Legal que meu post te trouxe essas lembranças legais Ju. Fico feliz. Beijão!