quinta-feira, 10 de abril de 2008

Por que?

Por que as pessoas são assim?
Por que no trem vão todos com cara de mau-humor?
Por que nenhum viaja sorrindo?
Por que as pessoas, em geral, não estão nem aí umas para as outras?
Por que existem pessoas cujo objetivo na vida é fazer mal a outras pessoas?
Por que tantos acreditam em coisas tão erradas, supérfluas, estúpidas?
Por que não fazem churrascos?
Por que não abrem uma cerveja?
Por que não abraçam um amigo?
Por que as bombas?
Por que as vinganças?
Por que o egoísmo?
Por que o ciúme?
Por que tantas coisas pequenas, mesquinhas?
Por que? Por que? Por que???

9 comentários:

Rodrigo Schmidt disse...

* Por que as pessoas são assim?

Pessoas são pessoas por definição.

* Por que no trem vão todos com cara de mau-humor?

Provavelmente porque não gostam de estar ali.

* Por que nenhum viaja sorrindo?

Vide resposta acima, mas note que toda generalização é incorreta, esta inclusive.

* Por que as pessoas, em geral, não estão nem aí umas para as outras?

Egoísmo faz parte da natureza humana. E, em geral, os que não assumem isso acabam por se tornar os mais egoístas.

* Por que existem pessoas cujo objetivo na vida é fazer mal a outras pessoas?

Uma pessoa que não está bem consigo mesma se sente ainda pior se as pessoas ao seu redor estão felizes. Se ela não consegue melhorar a sua auto-estima, é mais fácil prejudicar a vida dos outros para melhorar o seu bem-estar.

* Por que tantos acreditam em coisas tão erradas, supérfluas, estúpidas?

Tudo é relativo e, portando, dependendo do ponto de vista, tudo pode ser considerado como errado, supérfluo ou estúpido.

* Por que não fazem churrascos?

Porque nem todo mundo foi criado comendo pelo menos 500g de carne por dia.

* Por que não abrem uma cerveja?

Eu, particularmente, prefiro vinho.

* Por que não abraçam um amigo?

Porque talvez não tenham sido criados assim.

* Por que as bombas?

Fazer a guerra também é parte da natureza humana.

* Por que as vinganças?

Se o homem não fosse vingativo, o autoritarismo abusivo reinaria.

* Por que o egoísmo?

O egoísmo é, na verdade, o começo de todos os problemas.

* Por que o ciúme?

Egoísmo.

* Por que tantas coisas pequenas, mesquinhas?

Às vezes o que é pequeno para uns, faz toda a diferença para outros. Tudo depende do ponto de vista.

* Por que? Por que? Por que???

Não sei... Talvez não seja uma questão de entender, mas de simplesmente aceitar diferenças e comportamentos. :-)

Leonardo disse...

Obrigado pelas respostas Rodrigo. Respondeste de forma pontual, embora os questionamentos todos sejam na verdade uma única pergunta: Por que nossa natureza é tão egoísta? Provavelmente a evolução natural seja a resposta. A ciência é muitas vezes fria, mas nos explica as coisas, boas ou más.

Por exemplo, quando eu perguntei sobre um trem, poderia-se ver aquilo como a viagem da própria vida, não uma viagem de trem. Muito embora tua resposta faça sentido do mesmo jeito e as pessoas talvez não gostem de estar na vida. Como disse Freud e outros pensadores, talvez a vida seja uma angústia. Sofrimento. Um caminho a um fim inevitável, vazio e sem sentido.

Quando eu perguntei sobre churrasco e cerveja, eu quis dizer diversão em grupo, ao contrário dos videogames, iPods, Internets, DVD's e outras formas de diversão individual (egoísta e fria) que a tecnologia moderna nos proporciona. Quando eu falei em abraço, eu não quis dizer, necessariamente, um abraço físico (tá me estranhando ;-) ).

Discordo da tua visão sobre vingança. Acho que podemos ser justos sem sermos vingativos.

Boa também tua constatação sobre pessoas que fazem o mal aos outros por não conseguirem melhorar a própria auto-estima. Embora a "satisfação" que isso possa lhes gerar seja apenas uma ilusão extremamente burra. Nivelar por baixo só elimina o contraste e não traz nenhuma felicidade.

Concordo muito contigo quando resumiste o problema ao egoísmo. E também acho que ciúme é sinônimo de egoísmo. Eu só não entendo por que o ciúme não é tão mal visto quanto o egoísmo. A meu ver é até pior, pois em geral somos egoístas com relação a objetos, e ciumentos com relação a seres humanos.

Tens razão também sobre termos que aceitar. É complicado perceber que o mundo poderia ser bem melhor, bastando para isso mudanças de atitudes e crenças das pessoas. Mas não adianta. Com a natureza não se discute...

Grande abraço.

Rodrigo Schmidt disse...

Eu estou lendo um livro chamado "The conquest of Happiness" de Bertrand Russel. Entre outras coisas, logo no primeiro ou segundo capítulo, ele contesta a idéia de que a vida seja uma longa angústia (byronic unhappiness).

O livro também parece abordar a busca da felicidade dados vários dos problemas que comentaste. Eu estou recém no início do livro então não sei se é realmente bom. De qualquer forma, talvez aches a referência interessante.

Leonardo disse...

Pode crer, parece bom. Vou adicionar à minha lista de livros "to-read". Valeu.

Leandro Fonseca disse...

É... Eu às vezes me revolto com as pessoas. Mas... eu não sou uma delas também?

Leonardo disse...

Sim, sim. Eu também sou. Quando eu questiono as pessoas, questiono a mim mesmo também. Em um comentário acima, questionei sobre a "nossa" natureza, não a natureza "deles" ou algo assim. Aprendi recentemente que o auto-conhecimento é uma coisa muito importante e estou tentando buscá-lo. Eu, pelo menos nesse trecho específico da viagem, não ando sorrindo muito no trem, mas estou tentando melhorar ;-).

Tatiane Fernandes disse...

Por que umas pessoas torcem pro Inter? :P

Leonardo disse...

Essa é fácil minha irmã. Torcem pro Inter porque, por exemplo, o Inter ontem mesmo deu mais uma demonstração de ser um clube vencedor, eliminando de virada o Paraná na Copa do Brasil pelo significativo placar de 5x1, enquanto o greminho segue em férias, eliminado de todas as competições que participou em 2008 sem proporcionar futebol para seus torcedores assistirem. :-P

Beijo pra tu :-).

Tatiane Fernandes disse...

ma dai! o cara pede pra ser mala e entra na fila né! hahahhahaha nao adianta!